Luna a criadora do mindim

CARTILHA

CARTILHA
solicite, também em Livros de Luna Di Primo clic na imagem

Luna Di Primo Criadora do MINDIMg+

Pensador

Pesquisar este blog

acompanhe por email

Quem sou eu

Minha foto

Escritora e Poetisa amante da natureza

OBRIGADA PAI

Obrigada pai!
Lutamos muito... Lutamos com vontade...
Lutamos com coragem... Para hoje lhe dizer:
Valeu à pena!
Valeu pela confiança!

Obrigada pai!
Pelo exemplo que deu a seus filhos,
De dignidade,
De amor próprio e,
Acima de tudo,
O exemplo de amor que devemos ter pelos nossos semelhantes.

Obrigada pai!
Por ter escolhido a companheira
Que daria a vida aos teus filhos.
Que lutaria ao seu lado
Para mostrar a força de uma família unida.

Obrigada pai!
Por ter nos dado uma mãe
Que na sua ausência
Mostrou uma força ainda maior,
E conduziu os teus filhos
Dentro do conceito de fraternidade,
Mantendo a união da família
Que juntos idealizaram.

Obrigada pai!
Pela rigidez muitas vezes apresentada
Para mostrar que a integridade é o caminho certo
Para se concretizar os sonhos.

Obrigada pai!
Os seus ensinamentos foram
A base da família que construímos

Obrigada pai!
Hoje temos nossos filhos
E sabemos não ser fácil
Direcionar vidas,
Mas podemos lhe dizer que somos felizes

Obrigada pai!
São muitas as saudades!
Foi tão pouco o tempo de nossa convivência,
Mas os seus ensinamentos ficaram... Para sempre
Em nossos corações
Nos corações de teus filhos...
De teus familiares...
E teus amigos.

E para finalizar, queremos lhe dizer
Mais uma vez e por muitas, ainda...
Obrigada pai!


Enviado por Luna Di Primo em 07/08/2009
Reeditado em 01/06/2014
Código do texto: T1741547


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários


14/12/2009 17:31 - J Coelho
A maior das cumplicidades, a de pais e filhos, muito bem pintada com as cores da poesia. Parabéns e continue derramando nas noites da solidão seu brilho lunar. J. Coêlho

23/08/2009 18:03 - Francismar Prestes Leal
Bela homenagem!


10/08/2009 19:14 - Heliodoro Morais

Toda saudade paterna
Só sabe quem é arrimo
É dolorosa e eterna
Nos faltam carinho e mimo
Por essa eterna saudade
Agradeço de verdade
A você, Luna de Primo.............. Bravíssimo poeta!


08/08/2009 20:43 - Iara Mesquita
Muito tocante a homenagem, parabéns

07/08/2009 13:49 - Rutinha
Linda homenagem! parabéns! Abraço da Rutinha


Agua límpida @ Fonte abençoada @ Luz e Paz eu bebo


clique na imagem para ver

POSSO NÃO SER GRANDE MAS ESTOU ENTRE ELES

POSSO NÃO SER GRANDE MAS ESTOU ENTRE ELES.