Luna a criadora do mindim

CARTILHA

CARTILHA
solicite, também em Livros de Luna Di Primo clic na imagem

Pensador

Pesquisar este blog

acompanhe por email

GRATIDÃO A TODOS QUE PARTICIPAM DA MINHA VIDA

Aqui, duas vidas se misturam e se separam ao mesmo tempo: nasci uma pessoa, apenas, e assim segui até que a escritora poetisa apareceu e se assumiu, sentou e assentou-se, tomou o seu lugar. Daí para hoje tantas águas nos banharam. Águas frescas, quentes, mornas ou pelando corpo e alma; águas frias, gélidas a nos levar à hipotermia. E assim caminhamos por estradas tantas e de tantos pisos como terra batida, terra fofa, cascalhos, pedras, piche, lama e tantos outros trechos. Quero deixar aqui minha sempre gratidão a todos que participam dessa história com visitas de tantos países, de tantos lugares, aos meus blogues. Obrigada pelas estimadas presenças. Prosperidade, amor, paz e alegria a todos, é meu desejo!

É SEMPRE TEMPO DE FALAR DISSO



Em estudos literários, pela lista traçada, cheguei à novela. Embora, seja um estilo desprezado por ser considerado condutor de massas, concluí ser, este, o estilo mais complexo de se escrever. Transportar a vida real para a tela exige muito conhecimento, pesquisa e habilidade para fazer da realidade uma realidade. Assim já tem tempo que venho acompanhando as novelas. E percebi certa mudança nas novelas da rede globo que começam a sair da subjetividade em alguns aspectos. A realidade está mais real, mostram situações e não as sugerem, e certos conceitos se tornam mais concretos na sua demonstração. Tomo como exemplo 'malhação' que se tornou uma novelinha de fim de dia. Malhação é direcionada ao público jovem, inclusive com escolas e alunos e demais atividades ou envolvimentos relativos à juventude. Porém, a sua mensagem tem um alcance de público bem além da proposta, ou a sua concretude está aí. Saindo da subjetividade das questões como pobre versus riquinho, que veio até esta versão atual, o programa vem mostrando e trabalhando fatores antes deixados como supérfluos ou sem aprofundamento. Antes não apresentavam elos entre fatos efetivos, além dos diários na vida dos participantes, mesmo que estes fossem apresentados e trabalhados.
Partindo para o clareamento da fala tem-se um fator que está a ser abordado claramente, o que antes não acontecia. É a questão da inveja. Questão relativa às personagens Jade e Bianca. Jade faz tudo para prejudicar Bianca. Tudo que Bianca faz, vai fazer ou acontece com ela, lá está Jade para detoná-la. Entre suas ações já vi: 1 - na aula de postura corporal, simulado um desfile, na vez de Bianca desfilar Jade coloca o pé na sua frente insinuando um tropeço por parte de Bianca e a derruba. 2 – Beija o namorado de Bianca no meio de uma festa, apenas, para provocar. 3 – Filma situação constrangedora entre Bianca, a irmã de Bianca e o namorado de Bianca e quer colocar em seu blog pessoal por pura maldade. Foi mostrar como desfilar de salto alto desequilibra e cai, culpando Bianca. O olhar que Jade dirige à Bianca ou é de deboche ou é daquele que seca até arruda. Uma cena bem marcante em que mostra o desequilíbrio da pessoa invejosa culmina numa crise de Jade. Mostrou aos colegas o vídeo que havia editado o episodio do constrangimento de Bianca e família envolvendo seu namorado. Apesar do apelo dos colegas para Jade não o fazer, ela estava excitada demais para atendê-los. Então, quando já ia enviar, uma colega mais corajosa pediu para ver de novo e simulou um acidente derrubando um copo com água e no distrair de Jade apagou o vídeo. Jade desesperada reclama e alguém diz que ela pode fazer outro e todos saem deixando-a sozinha. E assim, Jade que almejava detonar Bianca, foi detonada por uma crise desproporcional. (Isso em uma análise mais profunda conclui-se que a inveja, assim, como quaisquer outros sentimentos baixos provoca enorme dor em quem a detém. Naqueles que são seus filhos.) A sua mãe entra nesse momento e a vê nesse estado e percebe a situação e a repreende severamente por suas ações movidas pela inveja que sente de Bianca, dizendo: "Aproveite essa inveja como incentivo para se tornar a melhor, vencer por competência, por seus méritos e não vencer por  jogo sujo, tentando prejudicar as pessoas". Aqui está o ponto X que assinalei. Antes apenas o fato era mostrado. Hoje a globo já insere nas novelas o trabalho sobre essas questões e mais: cenas de palavrões e determinadas maldades, começam a ser vetadas nos domínios da deusa do plim plim. É sempre tempo. Meus aplausos.FIM

Arquivo do blog

Agua límpida @ Fonte abençoada @ Luz e Paz eu bebo


clique na imagem para ver

POSSO NÃO SER GRANDE MAS ESTOU ENTRE ELES

POSSO NÃO SER GRANDE MAS ESTOU ENTRE ELES.